Tiroteio em supermercado na França deixa dois feridos

O autor dos disparos teria atirado, segundo a procuradoria de Versalhes, em função de "um litígio de ordem privada", descartando hipótese de ato de terrorismo

Um sexagenário abriu fogo nesta segunda-feira em um supermercado da região parisiense por razões desconhecidas, ferindo gravemente duas pessoas.

O tiroteio aconteceu no fim da manhã em um supermercado Port-Marly, oeste de Paris.

Uma operação das forças de elite está em andamento para deter o autor dos disparos, conhecido dos serviços policiais, segundo uma fonte judicial.

Uma mulher de 57 anos e um homem de 73 ficaram feridos gravemente se e encontram entre a vida e a morte, indicou uma fonte ligada à investigação.

O autor dos disparos, conhecido pela polícia por delitos de crime comum, teria atirado, segundo a procuradoria de Versalhes, em função de “um litígio de ordem privada”, descartando a hipótese de um ato de terrorismo.

Os casos de discussão com disparos de arma de fogo em centros comerciais são raros na França.