Supostos jihadistas são detidos em Istambul

Segundo o jornal "Hürriyet", que divulgou uma foto dos detidos, os suspeitos são jovens chegaram a Istambul vindos de Casablanca

Istambul – A polícia da Turquia deteve nesta quarta-feira no aeroporto de Istambul Atatürk oito marroquinos, possivelmente militantes do grupo terrorista Estado Islâmico (EI), que pretendiam ir à Alemanha através da rota dos Bálcãs, usada há vários meses por refugiados do Oriente Médio.

Segundo o jornal “Hürriyet”, que divulgou uma foto dos detidos, os suspeitos são jovens chegaram a Istambul vindos de Casablanca.

Fontes das forças de segurança turcas afirmaram à agência de notícias “Anadolu” que os supostos jihadistas disseram primeiro que tinham a intenção de ficar em Istambul por razões de turismo e que haviam feito reserva em um hotel, informação que foi comprovada como falsa.

Os investigadores turcos encontraram em poder de um dos detidos um desenho que ilustrava e explicava como chegar da Turquia a uma ilha grega, e de lá a Atenas, Macedônia, Sérvia, Hungria, Áustria e finalmente a Alemanha.

A imprensa turca informou que os oito suspeitos queriam chegar à Alemanha se fazendo passar por refugiados.

Neste ano, a polícia turca detectou mil casos similares nos aeroportos internacionais de Istambul, com 800 pessoas sendo deportadas e outras 200 detidas, disse o “Hürriyet”.