Sobe para 6 o número de mortos por tufão nas Filipinas

O tufão interrompeu o fornecimento de energia em cinco províncias inteiras do país, devido à queda de postes e árvores

Batangas – O número de mortos pela passagem de um tufão nas Filipinas subiu para pelo menos seis. O poderoso tufão Nock-Ten atingiu o norte do país e atrapalhou a celebração do Natal em várias províncias, levando mais de 380 mil pessoas a abandonarem as comemorações em casa e a seguir para abrigos de emergência, no país com mais católicos da Ásia.

O tufão interrompeu o fornecimento de energia em cinco províncias inteiras do país, devido à queda de postes e árvores. Mais de 300 voos foram cancelados ou remarcados e os serviços ferry, interrompidos.

As seis mortes ocorreram nas províncias de Quezon e Albay, a sudeste de Manila, segundo autoridades. O tufão chegou ao país na província de Catanduanes, na noite de domingo (hora local).

Após se enfraquecer um pouco, o tufão tinha ventos máximos sustentados de 120 quilômetros por hora e rajadas de 180 quilômetros por hora.

Ele já chegou ao Mar do Sul da China após atingir as populosas províncias de Batangas e Cavite, ao sul de Manila, disseram os meteorologistas locais.

Dezenas de milhares de moradores que deixaram suas casas no Natal retornavam nesta segunda-feira e avaliavam os estragos.

“Muitas casas feitas de materiais frágeis foram destruídas”, disse a prefeita Ann Ongjoco, da cidade de Guinobatan, em Albay, uma das cinco províncias que estavam sem o fornecimento de energia elétrica. Fonte: Associated Press.