Senado italiano aprova reforma da Constituição

A reforma foi adotada por 179 votos a favor, 16 contra e 7 abstenções e estabelece o fim do bicameralismo perfeito que reina na Itália desde 1947

O Senado italiano aprovou nesta terça-feira uma importante reforma da Constituição, que reduz consideravelmente os poderes da própria casa, algo inédito em 70 anos de história da República italiana.

A reforma foi adotada por 179 votos a favor, 16 contra e 7 abstenções e estabelece o fim do bicameralismo perfeito que reina na Itália desde 1947.

A oposição de esquerda, parte da centro-direita e o movimento Cinco Estrelas não participaram da votação.