Sanções dos EUA prejudicam relações, diz Rússia

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, se reserva o direito de responder às decisões americanas com medidas da mesma magnitude

Moscou – A Rússia afirmou nesta quinta-feira que as sanções impostas pelos Estados Unidos por sua suposta ingerência nas eleições presidenciais americanas buscam impedir o restabelecimento das relações bilaterais com a próxima Casa Branca.

“Esses passos unilaterais buscam o objetivo de prejudicar as relações e dificultar seu restabelecimento no futuro”, disse Konstantin Dolgov, representante do Kremlim para Direitos Humanos, Democracia e Estado de Direito.

Por sua parte, o porta-voz do Kremlim, Dimitri Peskov, disse que o presidente da Rússia, Vladimir Putin, se reserva o direito de responder às decisões americanas com medidas da mesma magnitude.