Rússia e China comentam sobre teste balístico da Coreia do Norte

O país testou um míssil balístico que voou mais longe que os lançamentos anteriores, elevando as preocupações em todo o mundo

Moscou – A Rússia e a China propuseram nesta terça-feira que a Coreia do Norte declare uma moratória sobre os testes balísticos e nucleares em troca do fim de exercícios militares de grande escala conduzidos pelos Estados Unidos e a Coreia do Sul na região.

O pedido foi feito em um comunicado conjunto emitido pelos ministros de Relações Exteriores de ambos os países após a reunião entre os presidentes Vladimir Putin e Xi Jinping.

O comunicado chega após o regime de Pyongyang testar um míssil que voou mais longe que os lançamentos anteriores, elevando as preocupações em todo o mundo.

Moscou e Pequim sugerem que as medidas, se cumpridas pelos países, possam conduzir a uma reaproximação de ambas as partes.