Rússia afirma que ações dos EUA ameaçam sua segurança

Em uma entrevista à TV, chanceler russo culpou a administração de Barack Obama pela deterioração acentuada dos laços EUA-Rússia

Moscou — O chanceler russo, Sergei Lavrov, disse no domingo que havia detectado crescente hostilidade dos EUA em relação a Moscou e queixou-se do que ele diz ser uma série de medidas agressivas norte-americanas que ameaçam a segurança nacional da Rússia.

Em uma entrevista à TV estatal russa, que deve agravar as relações já abaladas com Washington, Lavrov culpou a administração de Barack Obama pelo que ele descreveu como uma deterioração acentuada dos laços EUA-Rússia.

“Temos assistido a uma mudança fundamental de circunstâncias, quando se trata da agressiva Russofobia, que agora está no cerne da política dos Estados Unidos com a Rússia”, disse Lavrov à TV estatal russa First Channel.

“Não é apenas uma Russofobia retórica, mas medidas agressivas que realmente ferem nossos interesses nacionais e representam uma ameaça à nossa segurança.”