Ricky Perry continuará na disputa republicana nos EUA

Ex-governador do Texas disse que precisava pensar sobre sua candidatura, mas confirmou que continua na briga pela vaga

Washington – O governador do Texas, Rick Perry, dissipou as dúvidas sobre sua continuidade na corrida à Presidência dos Estados Unidos ao anunciar nesta quarta-feira que viajará à Carolina do Sul para continuar sua campanha nas primárias republicanas, horas após comunicar que voltaria a seu estado para reconsiderar sua participação.

‘E a próxima parada na maratona: o estado de Palmetto… Aí vamos nós, Carolina do Sul!’, escreveu Perry em sua conta oficial no Twitter.

‘Voltamos’, confirmou pouco depois à emissora ‘CNN’ uma fonte da campanha de Perry.

O governador do Texas obteve a quinta posição nos ‘caucus’ (assembléias populares) de Iowa na terça-feira, com cerca de 10,3% nos votos.

O resultado levou Perry, que aparecia bem nas pesquisas de agosto, mas foi perdendo forças aos poucos, a repensar seu papel na campanha.

‘Com a decisão dos eleitores esta noite, decidi retornar ao Texas, avaliar os resultados dos caucus, e determinar se existe um caminho mais adiante para mim nesta corrida’, afirmou ontem à noite perante seus seguidores em Iowa.

No entanto, bastaram algumas horas para o político de 61 anos decidir seguir adiante com seus planos de campanha e com sua viagem previsto para hoje a Greenville, na Carolina do Sul, estado que realizará suas primárias no dia 21 de janeiro.

A campanha de Perry anunciou no sábado que não participará das próximas primárias, as de New Hampshire, que acontecerão no dia 10 de janeiro, e concentrará seus esforços de campanha no estado sulista.

O governador do Texas investiu grandes recursos em Iowa, com mais de 500 voluntários e US$ 4 milhões em publicidade, o que não impediu que a maioria de votos fosse para o ex-senador Rick Santorum e para o ex-governador de Masachusetts Mitt Romney, que acabou vencendo por uma vantagem de apenas 8 votos.