Rick Perry será secretário de Energia de Trump, diz mídia

Rick Perry foi candidato nas primárias republicanas, mas rapidamente desistiu da disputa

O ex-governador do Texas Rick Perry, que chegou a defender a ideia de eliminar o Departamento de Energia caso fosse eleito presidente, foi o escolhido de Donald Trump para assumir como secretário da pasta, afirma a imprensa americana.

Aos 66 anos, Perry visitou a Trump Tower, onde o presidente eleito mantém reuniões para a formação de seu governo. O ex-governador do Texas, estado rico em petróleo, foi candidato nas primárias republicanas, mas rapidamente desistiu da disputa.

Depois de abandonar a disputa interna, Perry apoiou o senador Ted Cruz nas primárias e chamou Trump de “câncer para o conservadorismo”. Mas seu nome sempre foi citado como um dos mais codos para o Departamento de Energia.

Os canais NBC e CBS informaram, com base próximas aos processo de transição, que Trump finalmente escolheu Rick Perry para o posto de secretário de Energia.

Candidato nas primárias republicanas em 2012, Perry propôs na ocasião, durante um debate que é lembrado até hoje, acabar com três ministérios. Incapaz de citar os três de cabeça, mencionou os Departamentos de Educação e Comércio.

Minutos depois recordou que o terceiro era o de Energia.