“RecycleBank” paga aos consumidores que reciclam seu lixo

Programa de incentivo à reciclagem apela para o bolso e faz sucesso nos EUA e no Reino Unido

São Paulo – Uma “cutucada extra de incentivo verde”. É assim que a executiva Melody Serafino define o RecycleBank, programa que recompensa consumidores que descartam corretamente seu lixo. O apelo econômico gera resultados surpreendentes. Segundo a porta-voz da empresa, em poucos meses, é possível triplicar as taxas de reciclagem nas regiões que aderem ao sistema.

Em frente às residências dos moradores inscritos no programa,  é colocada uma caçamba de lixo high-tech que possui uma câmera para gravar cada descarte realizado. No dia determinado da coleta, caminhões adaptados com uma tecnologia de medição especial pesam as caçambas de lixo, e o volume de material reciclado é convertido em pontos que são automaticamente registrados na conta do morador.

Esses pontos são resgatados na forma de cupons vale-compra, que podem ser trocados em estabelecimentos conveniados. São mais de 20 categorias, de comércio à serviço, como lojas de roupas, produtos esportivos e eletrônicos, restaurantes, concessionárias de carro, centros de estética e saúde.

Criado há seis anos, o RecycleBank está presente em mais de 500 comunidades, em 26 estados nos Estados Unidos e no Reino Unido. “Já conseguimos recolher mais de 284 mil toneladas de material reciclável, evitando a emissão de 870 mil toneladas de CO2, o equivalente a 10 milhões de árvores”, diz Melody.

As famílias participantes do programa conseguem receber até 200 dólares por ano. Se preferirem, podem doar seus pontos acumulados para o programa “Escolas Verde do RecycleBank”. Eles são convertidos em dinheiro para projetos ambientais em unidades de ensino.