Produção industrial sobe 0,3% na zona do euro

A variação mensal de janeiro ficou levemente abaixo da média da estimativa dos analistas

Londres – A produção industrial subiu 0,3% em janeiro ante dezembro na zona do euro (que reúne os países que utilizam o euro como moeda), informou hoje a agência de estatísticas na União Europeia, a Eurostat. Na comparação com janeiro do ano passado, houve alta de 6,6%. Em dezembro, a produção havia crescido 0,3% em base mensal e 8,8% em base anual, segundo dados revisados.

A variação mensal de janeiro ficou levemente abaixo da média da estimativa dos analistas, que esperavam alta mensal de 0,4%. Já o avanço anual superou levemente a alta de 6,4% prevista.

Na França, a produção cresceu 1,1% em janeiro, ante um ganho de 0,2% em dezembro. Na Alemanha, a produção avançou 0,1% e, na Itália, caiu 1,5%, após alta de 1% e 0,2% em dezembro, respectivamente. Na Espanha, a produção saltou 1,4% em janeiro. Na Irlanda, a produção caiu 1% e, em Portugal, despencou 4,2% em janeiro.

A Eurostat sugeriu que o inverno severo em dezembro continuou distorcendo os números da indústria em janeiro, com fortes oscilações na produção de energia e de bens intermediários, assim como de bens duráveis para o consumidor. A produção de energia caiu 3,1% em janeiro, a maior desaceleração mensal desde março de 2009, após um aumento de 2,5% em dezembro, quando a Alemanha e alguns outros países foram severamente atingidos pelo mau tempo.

Já a produção de bens intermediários, como o aço, saltou 2,5% em janeiro, a maior alta mensal em 11 anos, após queda de 1,2% em dezembro. A produção de bens duráveis ao consumidor avançou 2,5% em janeiro, a maior alta desde maio do ano passado, na esteira de uma queda de 0,6% em dezembro. As informações são da Dow Jones.