Presídio mais seguro do Níger é atacado e quatro morrem

O local abriga dirigentes jihadistas de várias nacionalidades, e na ação dois guardas ficaram feridos

Niamey – Pelo menos quatro supostos jihadistas foram abatidos nesta segunda-feira pela Guarda Nacional do Níger ao tentar invadir a Prisão de Koutou Kale, no oeste de Níger, considerada a mais segura do país, informaram à Agência Efe fontes de segurança.

O local abriga dirigentes jihadistas de várias nacionalidades, e na ação dois guardas ficaram feridos. Os terroristas não conseguiram se aproximar complexo penitenciário, vigiado com máxima segurança, e se limitaram a trocar tiros com os soldados.

As fontes indicaram que provavelmente os jihadistas eram do norte do Mali e o objetivo do ataque era libertar jihadistas presos.

As autoridades reforçaram a segurança na região do presídio, depois da tentativa fracassada deste grupo de homens armados, cujo número total é desconhecido.

A Guarda Nacional lançou uma operação de perseguição aos outros combatentes que fugiram rumo à fronteira com o Mali.