Dólar R$ 3,27 -0,54%
Euro R$ 3,65 0,29%
SELIC 11,25% ao ano
Ibovespa -0,59% 63.705 pts
Pontos 63.705
Variação -0,59%
Maior Alta 3,64% FIBR3
Maior Baixa -3,20% TIMP3
Última atualização 29/05/2017 - 15:35 FONTE

Presidente da Venezuela envia palavra de apoio ao povo brasileiro

Maduro pediu que todos vejam "o que está acontecendo no Brasil" onde, segundo ele, há um "governo golpista"

Caracas – O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, manifestou nesta sexta-feira o seu apoio à luta do povo brasileiro para “restabelecer um governo democrático” e ironizou a Organização dos Estados Americanos (OEA) ao questionar à respeito de sua posição sobre a crise no Brasil.

“Em nome da revolução bolivariana do povo democrático, patriótico e revolucionário da Venezuela, envio uma palavra de apoio e de incentivo ao povo brasileiro em sua luta para restabelecer um governo democrático decente, patriótico, para o Brasil”, disse Maduro em cadeia de rádio e televisão durante um evento no Palácio de Miraflores.

Maduro pediu que todos vejam “o que está acontecendo no Brasil” onde, segundo ele, há um “governo golpista”, “uma máfia corrupta, muito corrupta e aliada” da direita venezuelana.

“Assim está o Brasil e o que diz a OEA? O que diz o lixo (secretário-geral) Luis Almagro?”, acrescentou o chefe de Estado venezuelano.

A grave crise política provocada pelas denúncias de corrupção divulgadas esta semana puseram contra a parede o presidente Michel Temer.

Ontem, milhares de brasileiros tomaram as ruas de uma dezena de cidades do país para pedir eleições, com gritos de “Fora Temer”, e exigir a renúncia do presidente, que rejeitou esta possibilidade.

Hoje, uma nova delação agravou ainda mais a já delicada situação de Temer, e também atingiu seus antecessores Dilma Rousseff e Luiz Inácio Lula da Silva.

As revelações partiram dos diretores do grupo JBS, que confessaram em um acordo de cooperação judicial que pagam propina a Temer desde 2010 e que, desde 2005, distribuíram entre Lula e Dilma a soma de US$ 80 milhões, sempre pelos “favores” realizados a partir de suas posições de poder.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s