Presidente da UE pede urgência em acordo com a Líbia

O dirigente defende que a UE faça um acordo com o país, de onde a maior parte dos imigrantes africanos sai para a Europa

Bruxelas – O presidente da União Europeia, Joseph Muscat, afirmou nesta quinta-feira que um número recorde de imigrantes tentarão cruzar o Mediterrâneo este ano, e quer que a União Europeia trabalhe com a Líbia para amenizar o influxo.

“Teremos uma crise”, alertou Muscat, que é primeiro-ministro de Malta, acrescentando que o bloco pode escolher entre “tentar fazer algo agora, ou se reunir às pressas em abril para cuidar do assunto”.

O dirigente defende que a UE faça um acordo com a Líbia, de onde a maior parte dos imigrantes africanos sai para a Europa.

“Já existe um arcabouço que foi negociado. O acordo com a Itália serve como base”, disse.

Fonte: Associated Press.