Premiê turco promete remover pela raiz movimento de Gülen

O presidente da Turquia, Tayyip Erdogan, e o governo atribuem a Gülen o planejamento de uma tentativa de golpe militar na sexta-feira

Istambul – A Turquia irá acabar com o movimento do clérigo radicado nos Estados Unidos Fethullah Gülen “pela raiz”, para que nunca mais possa trair o povo turco novamente, disse o primeiro-ministro Binali Yildirim nesta terça-feira, prometendo fornecer evidências de atos irregulares de Gulen às autoridades norte-americanas.

O presidente da Turquia, Tayyip Erdogan, e o governo atribuem a Gülen o planejamento de uma tentativa de golpe militar na sexta-feira, na qual mais de 200 pessoas foram mortas, e pediram em discursos pela extradição do clérigo.

Yildirim acusou os Estados Unidos, que disseram que só vão considerar o pedido de extradição caso sejam dadas evidências claras, de padrões duplos na luta contra o terrorismo.

Ele disse que a tentativa de golpe na sexta-feira foi inédita na história de intervenções militares na Turquia porque civis foram alvos.