Premiê chinês diz que estabilidade de preço é prioridade

Governo tem utilizado uma série de medidas alternativas à alta do juro e elevação do compulsório bancário para frear a inflação, que ainda não está sob controle

Pequim – O primeiro-ministro da China, Wen Jiabao, disse hoje que a manutenção da estabilidade dos preços é uma prioridade para o governo, deixando evidente que a inflação ainda não está sob controle. O mercado espera que os números sobre a inflação que serão divulgados na semana que vem mostrem que o índice de preços ao consumidor (CPI) subiu mais de 6% em junho, o que seria a maior taxa em cerca de três anos.

Durante viagem à província de Liaoning, no noroeste da China, Wen disse que alguns fatores que moveram os preços em alta foram controlados, mas não completamente eliminados, de acordo com nota distribuída no site do governo central. Wen disse ter observado uma elevação forte nos preços dos suínos e que o governo está tomando medidas para controlar a inflação.

“A inflação terá sido efetivamente suprimida quando as políticas do governo tiverem efeito”, afirmou, sem especificar a quais políticas se referia.

O governo tem utilizado uma série de medidas alternativas à alta do juro e elevação do compulsório bancário para frear a inflação, como o controle da oferta de dinheiro, limites aos empréstimos bancários, limites às compras de imóveis e utilizando a censura contra algumas empresas que comentaram sobre a alta dos preços. Há ainda especulações de que o governo poderia vender suínos das reservas estatais.

Wen disse ainda que o início da construção de 10 milhões de imóveis populares este ano é uma tarefa que “deve ser concluída”. A China tenta acelerar a construção de imóveis populares para evitar a apreciação dos preços dos imóveis, mas os planos de dar início às construções esse ano foram parcialmente prejudicados pela dificuldade dos governos locais em levantar recursos. A agencia de notícias Xinhua informou recentemente que apenas 30% das construções haviam começado até maio. As informações são da Dow Jones.