Políticos elegem novo presidente indiano entre dois “intocáveis”

Ram Nath Kovind e Meira Kumar, que disputam para substituir o atual presidente do país, pertencem à marginalizada casta dalit

Nova Délhi – Membros de um órgão colegiado composto por legisladores e representantes dos estados indianos votam nesta segunda-feira para escolher o substituto do atual presidente do país, Pranab Mukherjee, entre dois candidatos da marginalizada casta dalit ou “intocável”.

À votação, realizada entre a Lok Sabha (Câmara Baixa), a Rajya Sabha (Câmara Alta) e as assembleias regionais, foram chamados 4.896 representantes parlamentares que decidirão o nome do novo presidente, que será anunciado na quinta-feira.

Ram Nath Kovind, ex-governador do Estado de Bihar (norte), é o candidato da frente que lidera o BJP do primeiro-ministro, Narendra Modi, e o favorito a ser escolhido, enquanto a candidata da oposição é Meira Kumar, que ocupou o posto de presidente do Parlamento entre 2009 e 2014.

Um deles se transformará no segundo presidente dalit ou “intocável”, o degrau mais baixo no sistema de castas hindu, da história do país, depois de Kocheril Raman Narayanan, que ocupou o cargo entre 1997 e 2002.

Kumar assegurou hoje a jornalistas que sua candidatura procura iniciar uma batalha “ideológica” para combater a favor de, entre outros, a justiça social, o laicismo, a liberdade de expressão e “a destruição do sistema de castas”.

Com quase total segurança, Kovind, o candidato do Governo, será escolhido como novo presidente da Índia, ao contar com cerca de 70% dos votos, segundo as próprias estimativas do partido e da imprensa indiana.

“Em toda eleição, alguém ganha e outros perdem. Mesmo assim, estou feliz por qualquer que seja o resultado, um (dalit) se transformará no próximo presidente”, sublinhou hoje por sua vez a política “intocável” mais proeminente do país, Mayawati, do partido da coalizão opositora Bahujan Samaj.

Os resultados da votação de hoje serão anunciados em 20 de julho e o novo presidente, o XIV desde que a Índia se independentizou dos britânicos em 1947, tomará posse de seu cargo na terça-feira, 25 de julho.

O cargo de presidente tem um conteúdo mais protocolar e simbólico de acordo com a Constituição, já que é a figura do primeiro-ministro que tem as funções de chefe do Executivo.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s