Dólar R$ 3,28 0,59%
Euro R$ 3,68 0,15%
SELIC 11,25% ao ano
Ibovespa 1,28% 62.461 pts
Pontos 62.461
Variação 1,28%
Maior Alta 4,00% LREN3
Maior Baixa -2,84% JBSS3
Última atualização 23/05/2017 - 13:32 FONTE

Polícia registra mais de 100 casos de abuso em clubes de Londres

Os oficiais esclareceram que, entre os times denunciados, estavam quatro clubes da Premier League e dois da segunda divisão

Centenas de acusações de abusos sexuais ligados a 30 clubes de Londres, quatro deles da Premier League, foram registradas desde o anúncio, na quinta-feira, da abertura de uma investigação após o escândalo de pedofilia que agita o futebol britânico, anunciou a polícia de Londres nesta terça-feira.

“A Polícia Metropolitana de Londres leva a sério todas as acusações, e oficiais especializados estudarão os casos”, afirmou Ivan Balhatchet, responsável de uma unidade de proteção de menores de idade.

A polícia “não comentará as evoluções da investigação e não dará os nomes dos clubes envolvidos ou o número de acusações que pesam sobre cada um”, acrescentou.

Entretanto, os oficiais esclareceram que, entre eles, estavam quatro clubes da Premier League e dois da segunda divisão.

A polícia não informou se o Chelsea seria um deles, apesar de ter sido acusado por vários de seus ex-jogadores.

Um antigo funcionário chamado Andy Woodward, hoje com 43 anos, que jogou no Sheffiel United, abriu o caminho para muitas outras vítimas ao contar, em novembro, os abusos que sofreu de Barry Bennell, um ex-técnico das categorias de base do Manchester City, Crewe Alexandra e do Stoke City.

Desde então, mais de 20 jogadores falaram que foram agredidos sexualmente por treinadores ou olheiros quando eram mais novos.

A Federação Inglesa e os clubes são acusados de encobrir atos de pedofilia durante décadas.

Como resposta, várias investigações foram abertas pela Scotland Yard (a polícia inglesa) em vários pontos do país.