Polícia confirma ataque terrorista em atropelamento em Barcelona

Os policiais estão evacuando os arredores da Praça Catalunya, e estabeleceram um perímetro de 200 metros, segundo o correspondente da AFP

Pelo menos duas pessoas morreram e 20 ficaram feridas nesta quinta-feira em um atentado terrorista ocorrido quando uma van atropelou vários pedestres na região mais central e com fluxo de turistas da cidade de Barcelona, segundo confirmou a Polícia local.

O fato aconteceu depois das 17h (horário local, 12h em Brasília) quando uma van de cor branca alugada atropelou várias pessoas que passeavam por Las Ramblas, um dos locais mais visitados e que mais atraem turistas na cidade.

A Polícia procura duas pessoas como supostos autores do que já está sendo considerado um ataque terrorista e se acredita que um deles se refugiou em um bar com uma arma longa, enquanto o outro conseguiu fugir, segundo as primeiras hipóteses das forças de segurança.

Além disso, as forças policiais localizaram uma segunda van estacionada na localidade de Vic, também em Barcelona, que poderia estar envolvida no atentado, pois nela pelo menos um dos autores poderia ter fugido.

Aparentemente, a van usada no atropelamento partiu da estação de metrô de Las Ramblas, circulou pela pista central desta avenida e bateu contra vários veículos no percurso, que terminou praticamente na entrada do teatro do Liceu (ópera de Barcelona).

O veículo transitava em grande velocidade e fazendo ziguezagueando, segundo relatos de testemunhas.

Segundo fontes da Polícia, quem alugou o veículo do ataque seria um jovem com origem do Magreb, Driss Oukabir, com residência legal na Espanha.

As forças de segurança isolaram a região, enquanto as equipes de emergências enviaram vários homens e ambulâncias para o atendimento das vítimas.

O Governo regional da Catalunha recomendou que se evite sair às ruas na região da Praça da Catalunha, onde começam Las Ramblas, por causa deste “grave incidente”.

As estações de ferrovia da praça Catalunha e do passeio de Gràcia, as mais próximas ao local dos fatos, foram esvaziadas e fechadas ao público. Também foram fechadas as estações de metrô de praça da Catalunha e Liceu.

Nos arredores da avenida e da praça da Catalunha foram vividas cenas de pânico, com gente correndo muito assustada, se refugiando em lojas após o atropelamento.

A região do fato é um dos pontos mais concorridos da cidade, especialmente pelos turistas, e nó de ligação de vários meios de transporte público.

Nela se encontram também diversos shoppings e locais de grande atividade.

O atropelamento aconteceu perto da fonte de Canaletas, onde os torcedores do Barcelona costumam se reunir para comemorar os títulos da equipe.

Perto também fica o histórico mercado de Boquería, que foi fechado após o ataque.