Polêmica da sacolinha plástica vai parar nas Olimpíadas

Apoiada por personalidades como o magnata Richard Branson, o ator Jeff Bridges e a estilista Vivienne Westwood, campanha pede para a visitantes de Londres rejeitarem embalagens plásticas

São Paulo – A polêmica das sacolinhas plásticas pegou carona nas Olimpíadas e está dando o que falar em Londres. Depois de não conseguir convencer os organizadores do evento a impôr uma proibição total às embalagens durante os Jogos, ativistas do meio ambiente pediram para que os visitantes recusem as sacolinhas plásticas fornecidas pelo comércio local.

A campanha é liderada pelo grupo Greener Upon Thames e ganhou o apoio de personalidades como o magnata Richard Branson, fundador do Virgin Group, o ator Jeff Bridge, a estilista Vivienne Westwood, além do famoso naturalista e documentarista britânico David Attenborough.

Em uma carta assinada e publicada no The Telegraph, líderes da campanha lembram que as embalagens plásticas têm atraido atenção de autoridades em todo o mundo e destacam que Itália, Irlanda e País de Gales são algumas dos países europeus que já adotaram legislação nessa área.

“Uma única sacola por indivíduo pode parecer irrelevante, mas a Grã Bretanha sozinha usa mais de oito bilhões de sacolas a cada ano e este número está aumentando”, diz um trecho. Para os defensores da causa, “Londres 2012 fornece uma perfeita oportunidade para sensibilizar e deixar um legado duradouro”.