Passagem do tufão Nock-Ten pelas Filipinas mata 3 pessoas

Já há 73 mil pessoas afetadas pelo tufão, enquanto mais de 380 mil foram levadas para ginásios esportivos e escolas

Bangcoc – Pelo menos três pessoas morreram nas Filipinas durante a passagem do tufão Nock-Ten que continua hoje seu avanço pelo arquipélago com fortes ventos e chuvas, informaram as autoridades locais.

Na província de Albay, onde ontem tocou o tufão entrou em terra firma, o governador Al Bichara informou da morte por afogamento de um casal de idosos que não quiseram ser evacuados e de uma mulher que morreu presa nos escombros de um dos muros de sua casa.

Segundo o boletim de meio-dia do serviço meteorológico filipino, o Nock-Ten está na ilha de Lubang, a oeste da ilha de Luzon e a cerca de 100 quilômetros a sudoeste de Manila, com ventos constantes de 130 km/h e sequências de até 215 km/h.

O Conselho Nacional para a Redução e Controle para o Risco de Desastres afirmou que já há 73 mil pessoas afetadas pelo tufão, enquanto mais de 380 mil foram levadas para ginásios esportivos e escolas.

O Nock-Ten, que se movimenta a uma velocidade de 20 km/h em direção noroeste, passou hoje perto da capital filipina, a cidade mais populosa do país, causando inundações em alguns bairros da metrópole.