Passageiros são retirados de Eurotúnel após pane em trem

Centenas de passageiros foram retirados depois que um trem quebrou devido a um problema com os cabos suspensos

Londres – Centenas de passageiros foram retirados nesta segunda-feira do Eurotúnel, sob o Canal da Mancha, depois que um trem quebrou devido a um problema com os cabos suspensos, resultando em longos atrasos na travessia entre a Grã-Bretanha e a França.

Um porta-voz da operadora do túnel afirmou que um problema com a catenária, que fornece energia aos trens, fez uma composição ficar parada perto das 3h30 (horário de Brasília) desta segunda-feira.

“Transferimos os clientes através do túnel de serviço para um trem vazio”, afirmou o porta-voz. “Estamos extraindo a composição, e na sequência a levaremos para a França para que os clientes peguem seus carros.”

O Eurotúnel, ligação de 50 quilômetros entre Folkestone, no sudeste da Inglaterra, e Coquelles, no norte francês, é usado por composições que levam carros e caminhões e por serviços de trem da Eurostar entre Londres, Paris e Bruxelas.

As atualizações operacionais mais recentes sugerem que o túnel será parcialmente reaberto às 2h (horário de Brasília) de terça-feira.

Até lá, os engenheiros irão continuar a trabalhar para restaurar totalmente a energia para os setores afetados do túnel, informou a Eurostar em um comunicado.

Mas o Eurotúnel deve ter novas interrupções nos serviços na terça-feira e está cancelando quatro trens Eurostar, entre eles dois vindos de Londres, um de Bruxelas e outro de Paris, acrescentou a empresa.