Parque nacional na Patagônia argentina é novo Patrimônio Mundial

Situado ao norte da Patagônia, o Parque Nacional Los Alerces se destaca pelas paisagens resultantes de sucessivas glaciações

Buenos Aires — O Parque Nacional Los Alerces, situado na província de Chubut, na Patagônia argentina, foi declarado nesta sexta-feira Patrimônio Mundial pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), informaram fontes oficiais.

Segundo um comunicado divulgado pelo ministério de Relações Exteriores argentinos, o parque natural entrou na Lista do Patrimônio Mundial após a decisão tomada pelo Comitê de Patrimônio Mundial reunido em Cracóvia, na Polônia.

“A Chancelaria comemora e destaca que foi o resultado de trabalho associado de diversas áreas do Governo nacional e provincial”, diz o texto transmitido pela pasta.

Situado ao norte da Patagônia, e fazendo limite com a cordilheira andina, o Parque Nacional Los Alerces se destaca pelas paisagens resultantes de sucessivas glaciações.

Florestas, montes glaciais e lagos transparentes são parte da paisagem do local que agora fazem parte da Lista de Patrimônios Mundiais.

Além disso, entre sua extensa vegetação habitam numerosas espécies de flora e fauna, endêmicas ou em perigo de extinção.