Parlamento aprova acordo para responsabilizar Maduro pela crise

O acordo foi aprovado após opositores expuseram múltiplos argumentos contra o presidente e a bancada chavista se negou a participar do debate

Caracas – A Assembleia Nacional da Venezuela (AN, parlamento) aprovou nesta terça-feira, com o majoritário voto opositor e à revelia do chavismo, um acordo para responsabilizar o presidente Nicolás Maduro pela ruptura da ordem constitucional no país e a consequente crise política, social e econômica.

“Estamos de acordo em declarar a responsabilidade política do presidente da República pela grave ruptura da ordem constitucional e democrática, a violação de direitos humanos e a devastação das bases econômicas e sociais da nação”, diz o acordo aprovado hoje pela bancada opositora.

O acordo foi aprovado depois que os deputados opositores expuseram múltiplos argumentos contra o presidente e depois que a bancada chavista se negou a participar do debate.