Papa anuncia novo grupo de cardeais, incluindo brasileiro

Os cardeais são os membros mais altos da hierarquia católica romana após o papa.

Cidade do Vaticano — O papa Francisco disse neste domingo que elevaria 17 sacerdotes para o posto de cardeal, incluindo 13 que têm menos de 80 anos e, portanto, são elegíveis para participar de um conclave que um dia escolherá seu sucessor.

Os cardeais são os membros mais altos da hierarquia católica romana após o papa. Cada vez que um papa nomeia novos cardeais, ele coloca seu selo sobre o futuro da igreja global de 1,2 bilhão de membros.

Um dos cardeais eleitos, entre aqueles com menos de 80 anos, é do Brasil. Trata-se do o arcebispo de Brasília, Dom Sérgio da Rocha, que também é presidente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB).

Francisco, ao fazer o anúncio surpresa durante seu discurso semanal de domingo, disse que os homens vieram de cinco continentes e que a cerimônia para elevá-los, conhecida como consistório, será realizada em 19 de novembro.

É a terceira vez que Francisco nomeia novos cardeais desde sua eleição em 2013 como o primeiro pontífice não europeu em 1.300 anos.

Além de Brasil, os novos cardeais eleitos, entre aqueles com menos de 80, vieram da Itália, República Centro Africano, Espanha, Estados Unidos, Bangladesh, Venezuela, Bélgica, Ilhas Maurício, México e Papua Nova Guiné.