Panamá concede asilo a dois magistrados venezuelanos

Os dois juízes foram ao país centro-americano solicitar proteção por conta da crise que atinge o país de Nicolás Maduro

Cidade do Panamá – O Panamá concedeu asilo a dois magistrados venezuelanos, designados pelo parlamento, que ingressaram na residência e missão diplomática do seu embaixador em Caracas para solicitar proteção no país centro-americano, informou nesta sexta-feira o Ministério de Relações Exteriores panamenho.

Em um comunicado, a chancelaria indicou que se trata do magistrado suplente e advogado da Procuradoria Geral da Venezuela, Gustavo Sosa Izaguirre, e o magistrado suplente da Sala Politico-Administrativa do Tribunal Supremo de Justiça, Manuel Antonio Espinoza Melet, que solicitaram proteção perante a crise que assola a Venezuela.

Veja também