Palestinos celebram Dia da Terra em Gaza

A celebração foi feita com manifestações em que duas pessoas ficaram feridas

Gaza – Dezenas de milhares de palestinos celebraram em Gaza o Dia da Terra com uma manifestação no norte da faixa onde foram registrados dois feridos quando um grupo de jovens se aproximou da fronteira com Israel para jogar pedras.

A concentração ocorreu na localidade de Bet Lahiye, no extremo norte do território controlado pelo Hamas, onde estiveram presentes palestinos de toda a faixa, indicaram à Agência Efe várias testemunhas.

Os manifestantes fizeram o protesto na parte palestina da passagem fronteiriça, embora várias dezenas deles, sobretudo jovens, se aproximaram da cerca de segurança que separa este território do israelense.

O porta-voz dos serviços de emergência Adham Abu Salmiye informou que ao menos dois jovens ficaram feridos por disparos de soldados israelenses e foram transferidos para hospitais da região.

Um porta-voz militar israelense confirmou que soldados abriram fogo na passagem fronteiriça, mas explicou que apontaram para o alto e que os disparos foram feitos em sinal de advertência.

Segundo as testemunhas, a polícia do movimento islâmico Hamas reforçou o controle em todos os acessos para impedir que os manifestantes se aproximassem da fronteira com Israel.

Os palestinos celebram nesta sexta-feira o Dia da Terra, uma data que lembra a morte de seis árabe-israelenses em 1976 em uma manifestação contra a desapropriação de terras na Galileia por Israel.

O protesto deste ano se centra em Jerusalém e se viu reforçado pela iniciativa internacional ‘Marcha Global para Jerusalém’, que conseguiu reunir dezenas de milhares de ativistas na Cisjordânia, Gaza, Jerusalém Oriental, Líbano, Síria e Jordânia.