Palestina merece reconhecimento pleno, diz Abbas na ONU

Abbas tomou a palavra pouco antes de uma cerimônia para hastear a bandeira palestina pela primeira vez na ONU, junto às bandeiras dos 193 países membros

A Palestina merece a adesão e o reconhecimento pleno como um Estado das Nações Unidas, declarou nesta quarta-feira o líder palestino, Mahmud Abbas, durante a Assembleia Geral da entidade mundial.

Abbas tomou a palavra diante do hemiciclo da ONU pouco antes de uma cerimônia para hastear a bandeira palestina pela primeira vez na ONU, junto às bandeiras dos 193 países membros.

“A Palestina, que é um Estado observador nas Nações Unidass, merece um reconhecimento pleno e uma adesão plena”, disse.

Abbas convocou “aqueles países que ainda não reconheceram o Estado da Palestina a fazê-lo”.

No dia 10 de setembro a Assembleia Geral votou a favor de permitir que as bandeiras da Palestina e do Vaticano, ambos com status de membro observador, ondeiem na sede das Nações Unidas.

A resolução foi apoiada por 119 países, com 45 abstenções e oito votos contra, incluindo Austrália, Israel e Estados Unidos.

Em seu discurso, Abbas também declarou que os palestinos não podem continuar se sentindo amarrados a acordos com Israel que são constantemente violados pelo Estado judeu.

“Não podemos continuar amarrados a estes acordos assinados com Israel e Israel deve assumir plenamente todas as suas responsabilidades como potência ocupante”, ressaltou.