Dólar R$ 3,27 -0,54%
Euro R$ 3,65 0,07%
SELIC 11,25% ao ano
Ibovespa 1,36% 64.085 pts
Pontos 64.085
Variação 1,36%
Maior Alta 4,89% RADL3
Maior Baixa -6,09% JBSS3
Última atualização 26/05/2017 - 17:20 FONTE

Os 10 eventos mais marcantes da história dos EUA

Uma pesquisa do Pew Research Center com 2 mil americanos procurou levantar os maiores acontecimentos do país. Veja o resultado

São Paulo – Os Estados Unidos protagonizaram diversos acontecimentos no século XX e XXI que irão marcar os livros de história e a vida dos americanos para sempre. Do fim da Guerra Fria aos atendados de 11 de setembro, a vida da população  americana se modifica e se une cada vez que um evento abala as estruturas do país.

Essa é a conclusão da recente pesquisa do Pew Research Center, realizada com mais de 2 mil pessoas nos EUA, que buscou identificar quais os eventos mais marcantes da história do país. E uma das conclusões é a de que os americanos são afetados, principalmente, por fatos que ocorreram durante seus anos de colégio e faculdade.

Para os que nasceram entre os anos 30 e 40, o momento que unificou a população foi a Segunda Guerra Mundial. Já para os baby boomers, população que nasceu entre 1945 e 1965, o assassinato de John F. Kennedy e a Guerra do Vietnã foram mais decisivos.

Para eleger os eventos que marcaram a história dos Estados Unidos, a pesquisa fez uma exigência: cada entrevistado podia escolher apenas aqueles eventos que ocorreram após o seu nascimento. Veja abaixo quais são eles:

1. 11 de setembro

Os ataques terroristas de 11 de setembro, que terminaram com um saldo de quase 3 mil mortos, foram escolhidos por 76% dos americanos como o evento mais marcante da história do país.

Há 15 anos, terroristas da rede Al-Qaeda, liderados por Osama Bin Laden, sequestraram quatro aviões comerciais e os lançaram contra pontos simbólicos do país.

Os dois primeiros atingiram as Torres Gêmeas, do complexo World Trade Center em Nova York, o terceiro contra o Pentágono, sede do Departamento de Defesa dos EUA, e o último que, segundo especialistas, teria como alvo a Casa Branca, caiu na Pensilvânia. Não houve sobreviventes em nenhum dos voos.

2. Eleição de Obama

A eleição do primeiro homem negro para a presidência dos Estados Unidos foi escolhida como o segundo acontecimento mais marcante para quase metade dos americanos entrevistados pelo Pew Research Center (40%).

Em 2008, o então senador democrata Barack Obama assumiu o posto de 44º presidente de uma das maiores potências do mundo. Agora após oito anos no poder, ele deixa a liderança dos EUA nas mãos do republicano Donald Trump, que assumirá o cargo em 20 de janeiro de 2017.

3. Revolução tecnológica

O terceiro lugar do ranking ficou com a revolução tecnológica nos Estados Unidos. Quase um quarto dos americanos (22%) reconhecem que a popularização da internet, computadores, celulares e mídias sociais foram essenciais para o desenvolvimento do país. Em pleno 2016, quase 30 anos após o início desse momento histórico, 84% dos adultos nos EUA usam a internet.

4. Assassinado de JFK

Em 22 de novembro de 1963, o então presidente dos EUA, John F. Kennedy foi assassinado a tiros, em um desfile com o carro presidencial na cidade de Dallas, no Texas. Ele foi o quarto líder americano a ser assassinado e o oitavo a morrer enquanto exercia o cargo.

As investigações oficiais apontam que Lee Harvey Oswald um empregado do armazém Texas School Book Depository foi o seu algoz. O acusado sempre negou ter disparado contra o presidente e nunca foi julgado, porque dois dias depois, enquanto era trasladado pela polícia, ele foi morto.

Para 21% dos entrevistados da pesquisa, esse episódio contribuiu para modificar as relações dentro dos Estados Unidos.

5. Guerra do Vietnã

A guerra que mais marcou os americanos, segundo essa pesquisa, foi a do Vietnã, que começou em 1959. O conflito armado entre o Vietnã do Norte, alinhado com a União Soviética, e o Vietnã do Sul, aliado dos EUA, durou quase vinte anos e deixou mais de um milhão de mortos.

A intervenção dos EUA é lembrada até hoje pelos entrevistados como o fracasso das forças armadas do país.

6. Guerras no Iraque e Afeganistão

Os conflitos no Iraque e no Afeganistão no início dos anos 2000 foram campanhas militares desencadeadas pelos EUA, em resposta aos ataques de 11 de setembro. Para 17% dos entrevistados, essas empreitadas lideradas pelo ex-presidente americano George W. Bush foram eventos decisivos da história recente do país.

7. Primeiro homem a pisar na Lua

Apesar de Neil Armstrong, o primeiro homem a pisar na lua, ter realizado esse feito há quase 50 anos, os americanos entrevistados pelo Pew Research elegeram esse episódio como o sétimo mais importante do ranking.

8. Queda do muro de Berlim e o fim da Guerra Fria

Para pouco mais de 10% dos entrevistados, a queda do Muro de Berlim e o fim da Guerra Fria, período histórico de disputas entre os EUA e a URSS, foram os acontecimentos mais marcantes para a vida nos EUA. O Muro de Berlim, construído em 1961 para dividir a Alemanha, era um reflexo da sua derrota na Segunda Guerra Mundial (1939-1945) e da polarização do mundo entre influências americanas e soviéticas.

9. Legalização do casamento gay

Para 11% dos americanos um dos episódios recentes mais marcantes para o país foi a liberação do casamento entre pessoas do mesmo sexo em junho de 2015. Desde a decisão proferida pela Suprema Corte do país, nenhum estado americano pode barrar essas uniões.

10. Atentado na boate Pulse

ataque terrorista na boate gay Pulse em Orlando, Flórida, no dia 12 de junho de 2016 marcou para sempre a vida dos americanos e é um dos eventos considerados como decisivos pelos americanos entrevistados. O massacre que deixou 50 mortos e 53 feridos foi considerado o pior episódio com armas de fogo da história do país. O atirador, identificado como Omar Siddique Mateen, 29 anos, morreu no confronto com a polícia.