Opositores tentam banir casamento gay na Califórnia

Os eleitores californianos aprovaram a proibição do casamento gay em 2008, mas um juíz federal de São Francisco declarou a iniciativa inconstitucional

SÃO FRANCISCO – Opositores ao casamento gay pediram à Suprema Corte da Califórnia, nessa sexta-feira, o impedimento de casamentos do mesmo sexo no Estado, e para que a iniciativa que proíbe o casamento continue em vigor.

Os eleitores californianos aprovaram a proibição do casamento gay em 2008, mas um juíz federal de São Francisco declarou a iniciativa inconstitucional. No mês passado a Suprema Corte americana decidiu que apoiadores da proibição não tinham direitos legais para apelar.

Uma corte de apelação federal permitiu que casamentos gay continuassem e uma onda de cerimônias começou imediatamente. O casamento entre pessoas do mesmo sexo é permitido em 13 estados e Washington. Defensores dos direitos homossexuais acreditam que o momento está positivo para ir adiante.

No entanto, em documentos judiciais apresentados na sexta-feira, o grupo Protectmarriage.com pediu à Suprema Corte da Califórnia lembrar aos funcionários do condado que a lei continua em vigor e que parem de emitir licenças de casamento.