Oposição venezuelana diz que 2 pessoas foram mortas em plebiscito

Oposição a Nicolás Maduro disse que grupos que buscavam interromper votação "aparentemente" mataram a tiros duas pessoas e feriram outras quatro

Caracas – Grupos armados que buscavam interromper uma votação num subúrbio de Caracas neste domingo (16) “aparentemente” mataram a tiros duas pessoas e feriram outras quatro durante um plebiscito informal organizado pela oposição contra o presidente Nicolás Maduro, disse a oposição.

Carlos Ocariz, falando em nome da coalizão de oposição Unidade Democrática, disse que homens armados “paramilitares” aparecerem durante a tarde no bairro de Catia, em Caracas, onde milhares de pessoas participavam do evento da oposição.

“Aparentemente, há duas pessoas mortas”, disse ele a jornalistas.