Operações no Afeganistão deixam 121 insurgentes mortos

Foram realizadas operações conjuntas do exército, polícia e serviços de inteligência em diversas zonas conflituosas

Cabul – Pelo menos 121 supostos insurgentes morreram nas últimas 24 horas em várias operações conjuntas do exército, polícia e serviços de inteligência realizadas em diversas zonas conflituosas do Afeganistão, informou nesta quarta-feira o Ministério do Interior.

O governo informou em um comunicado que nove talibãs foram detidos durante as ações militares, efetuadas em 11 das 34 províncias afegãs.

A província de Zabul, localizada no sul do país, concentrou o maior número de vítimas insurgentes devido à operação que o exército afegão realiza na localidade desde segunda-feira no distrito de Jak-i-Afghan para libertar 30 xiitas que foram sequestrados na semana passada.

A Otan encerrou em 2014 sua missão de combate no Afeganistão (Isaf), substituída desde janeiro pela operação Apoio Decidido, que conta com cerca de quatro mil soldados em tarefas de assistência e capacitação das forças de segurança afegãs.

Os Estados Unidos mantêm sua missão ‘antiterrorista’ de combate no Afeganistão com cerca de 11 mil soldados, que devem permanecer no país até 2016, embora Washington está estudando alterar os termos e a duração da operação.