Operação europeia contra máfia italiana tem 24 detidos

Maioria das prisões ocorreram na Espanha, mas também foram detidas pessoas na Itália e Alemanha

Vinte e quatro pessoas foram detidas nesta quarta-feira na Espanha, Itália e Alemanha em uma operação contra a Camorra napolitana por tráfico de drogas e lavagem de dinheiro.

“Há 14 detidos na Espanha, oito na Itália e dois na Alemanha”, afirmou um porta-voz da Guarda Civil espanhola, que coordenou a operação em Barcelona com a polícia regional da Catalunha.

As identidades dos detidos não foram divulgadas.

A maioria das detenções na Espanha acontece em Barcelona, enquanto a operação na Itália teve como alvo a região de Nápoles.

Uma fonte da polícia catalã confirmou uma operação para “desmantelar uma organização criminosa internacional dedicada ao tráfico de drogas e à lavagem de dinheiro”.

A fonte confirmou que se trata da “Camorra”, grupo criminoso italiano baseado em Nápoles.

De acordo com a Guarda Civil, o grupo lavava dinheiro obtido com o narcotráfico através de um amplo esquema empresarial na Espanha, Itália, Alemanha, França e Portugal.

Restaurantes, casas de apostas, empresas de aluguel de carros, lojas de compra e venda de ouro integravam o esquema “criado para lavar o dinheiro da droga”, disse o porta-voz.