Ônibus cai na Bolívia e deixa ao menos 13 mortos e 10 feridos

O ônibus da empresa internacional Trans Lujan caiu em um barranco de 200 metros, em uma manobra para evitar colidir com um caminhão

La Paz – Pelo menos 13 pessoas morreram e outras dez ficaram feridas na queda de um ônibus que saiu do Chile e que ia para à Bolívia, informou o comandante da Polícia de Cochabamba, Efraín Urquidi, à agência estatal “ABI”.

O acidente aconteceu ontem à noite, no quilômetro 60 da estrada de Oruro, na região andina da Bolívia.

Conforme investigações preliminares, o ônibus da empresa internacional Trans Lujan caiu em um barranco de 200 metros, em uma manobra para evitar colidir com um caminhão que invadiu a pista contrária.

Inicialmente, foram contabilizadas 11 vítimas, “mas depois uma pessoa morreu em um hospital e outra mais tarde, cujo corpo foi tirado das ferragens”, disse Urquidi.

Os mortos são sete mulheres e seis homens. Os feridos foram levados a um hospital no município de Vinto, na Bolívia.

O ônibus partiu da cidade de Iquique, no litoral norte do Chile, e tinha Cochabamba como destino, um trajeto de 690km, geralmente feito em pouco mais de 10h.