Obama faz declaração de amor para Michelle em despedida

Obama também se dirigiu às suas duas filhas ao elogiar as "duas incríveis jovens mulheres" que se tornaram durante os oito anos de governo

Barack Obama se emocionou ao prestar homenagem as suas filhas e a sua esposa Michelle, sua “melhor amiga”, no encerramento de seu emotivo discurso de despedida da presidência dos Estados Unidos em Chicago, sua cidade adotiva.

“Michelle LaVaughn Robinson, filha do South Side, nos últimos 25 anos não foi apenas minha esposa e mãe das minhas filhas, foi minha melhor amiga”, disse Obama à primeira-dama, que estava sentada diante dele vestida de preto.

“Assumiu um papel que não pediu e o fez com graça e coragem e estilo e bom-humor”, declarou, enquanto pegava um lenço para secar as lágrimas, provocando um forte aplauso dos 18.000 presentes.

“Uma nova geração ergue a cabeça porque tem você como modelo. Você me encheu de orgulho. Encheu o país de orgulho”.

Os Obama se conheceram em Chicago e suas filhas Malia e Sasha nasceram lá e, como disse o presidente no Facebook antes do discurso, “para Michelle e para mim, Chicago é onde tudo começou”.

Enquanto Malia, de 18 anos, estava presente para ouvir a despedida de seu pai, sua irmã Sasha, de 15 anos, não compareceu, sendo a mais notável das ausências e que produziu uma avalanche de comentários nas redes sociais e a hashtag #SashaObama.

Um funcionário da Casa Branca disse que Sasha permaneceu em Washington para se preparar para uma prova na manhã desta quarta-feira.

Obama se dirigiu, no entanto, as suas duas filhas ao elogiar as “duas incríveis jovens mulheres” que se tornaram durante os oito anos em que a família ocupou a Casa Branca.

“De tudo o que fiz na minha vida, o que mais me orgulha é ser seu pai”, declarou, enquanto Malia – vestida de branco e preto – derramava algumas lágrimas e era abraçada por sua mãe.

“São inteligentes, e bonitas mas, mais importante do que isso, são boas e atenciosas, e estão cheias de paixão”, declarou. “E lidaram tão facilmente com a carga de estar durante anos nos holofotes”.

Finalmente, o presidente em fim de mandato, de 55 anos, se dirigiu ao seu vice-presidente, Joe Biden, a quem, junto com sua esposa Jill, descreveu como sua segunda família, arrancando novos aplausos.

“Foi a primeira decisão que tomei após ser indicado, e foi a melhor”, lançou. “Não apenas porque foi um grande vice-presidente, mas porque ganhei um irmão”.

Após o discurso, o presidente, sua esposa e filha se abraçaram no palco.