Obama em Hiroshima; Títulos argentinos…

Na semana:

– O prefeito de Chicago deve regulamentar o serviço de hospedagem compartilhada da empresa AirBnb, que funciona desde 2008 pagando bem menos taxas que os hotéis da cidade. Entre as propostas, está usar a verba arrecadada com os impostos (que devem ficar em cerca de 4% do valor da locação) para financiar moradias acessíveis. Pode ser uma decisão importante para a relação de grandes cidades com o serviço de hospedagem. 

Segunda-feira 16

– Os primeiros-ministros de 17 países continuam reuniões do Grupo de Apoio à Síria, em Viena, na Áustria.

– A Suprema Corte dos Estados Unidos debate temas polêmicos e  importantes para as minorias do país, como a oferta de contraceptivos do programa Obamacare, aborto, a dívida do Porto Rico, ações judiciais imputadas contra consumidores, plano de imigração e ação afirmativa, além de políticas que atendam vítimas de discriminação de qualquer tipo.

– O banco argentino Hipotecario coloca à venda 200 milhões de dólares em títulos com vencimento para 2020. É a primeira oferta de dívida corporativa lançada no mercado internacional de títulos desde que o governo resolveu pagar a dívida externa no mês passado.

– Divulgam os resultados do PIB para o primeiro trimestre do ano: Tailândia, Rússia (estimativa) e Israel.

Terça-feira 17

– O presidente sul-africano Jacob Zuma, condenado pela justiça do país por desvio de dinheiro público, vai responder a alguns questionamentos do parlamento, pela manhã, na cidade do Cabo. No dia 5 de maio, a oposição organizou um boicote durante uma fala do presidente, que ficou falando praticamente sozinho na Assembleia Nacional.

– O governo da Grécia deve enviar ao Parlamento um projeto de lei que inclui medidas como o aumento de impostos exigido pelos credores para pagar a próxima parcela de empréstimos do plano de resgate da economia do país.

Quarta-feira 18

– O Japão anuncia o PIB dos primeiros três meses do ano. A previsão é de que a economia do país tenha voltado a crescer a uma taxa de 0,3%, depois da contração de 0,3% do último trimestre de 2015.

Quinta-feira 19

– Os ministros de finanças e os presidentes dos bancos centrais dos países do G7, grupo que reúne os países mais industrializados e desenvolvidos do mundo, se encontram na cidade de Sendai, no Japão. O objetivo é discutir tensões entre as moedas, os limites das políticas monetárias e a necessidade de realizar mais gastos fiscais. A reunião precede um encontro dos líderes nos próximos dias 26 e 27 de maio.

Sexta-feira 20

– A advogada Tsai Ing-wen, primeira presidente mulher eleita em Taiwan (oficialmente República da China), será empossada nesta sexta-feira. Ela é líder do Partido Democrático Progressista do país e já havia se candidatado ao cargo nas eleições de 2012.

Sábado 21

– O presidente dos Estados Unidos Barack Obama começa sua viagem para o Japão e para o Vietnã. No roteiro, está visita a Hiroshima, que não recebe nenhum presidente americano desde o ataque nuclear de 1945. Obama retorna a Washington em 28 de maio.