Fatos e fotos

São Paulo - A palavra só tem quatro letras, mas apavora o mundo. Nesta semana, a Organização Mundial da Saúde (OMS) declarou o Zika como uma emergência global de saúde e anunciou uma concentração de atenção e recursos para combater o vírus, que já se encontra em mais de 30 países no mundo.

Novas pesquisas divulgadas nesta semana aumentaram ainda mais o clima de tensão em torno da doença. Nos Estados Unidos, as autoridades sanitárias confirmaram o primeiro caso autóctone de zika vírus no país e também o primeiro por transmissão sexual.

E na sexta-feira, a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) anunciou que detectou a presença do Zika vírus ativo em amostras de saliva e urina, mas os pesquisadores ressaltaram que ainda não foi comprovada a transmissão do vírus por esses meios.

O zica vírus é apontado como a causa mais provável para o aumento de casos de microcefalia no Brasil, uma malformação no cérebro que pode ocasionar comprometimento cognitivo e motor.

De acordo com a Organização Pan-Americana de Saúde (Opas), 4 milhões de pessoas podem ser contaminadas apenas nas Américas ainda neste ano.

Clique nas imagens e veja outros fatos que marcaram a semana.

Tópicos: Estados Unidos, Países ricos, Europa, Países emergentes, África