Taipé - Um terremoto de 6,3 graus de magnitude na escala Richter que atingiu Taiwan ontem, junto com 60 réplicas que foram registradas até esta sexta-feira, deixaram sete escolas danificadas, informou o Ministério da Educação da ilha.

Os danos vão desde desprendimentos de tijolos e revestimentos das fachadas, até rachaduras nas paredes e queda de vigas metálicas, afirmou o Ministério em uma nota de imprensa.

Depois do terremoto, o trânsito ferroviário na ilha foi interrompido. Além disso, várias pessoas ficaram presas em elevadores, alguns foram feridos levemente e algumas lojas e casas tiveram perdas importantes pela queda de objetos com a força do tremor.

Um estudante foi ferido com gravidade hoje ao cair de uma escada quando avaliava os danos sofridos em sua residência, acrescentou o Ministério.

Até esta manhã, segundo o Serviço Meteorológico Central, aconteceram 60 réplicas do terremoto, mas apenas 23 puderam ser sentidas pela população.

A mais forte, de 4,8 graus na escala Richter, aconteceu hoje às 11h47 locais (1h47 de Brasília) e teve seu epicentro no distrito de Hualien.

O terremoto de 6,3 graus de magnitude que atingiu Taiwan na quinta-feira às 20h02 locais (10h02 de Brasília) teve seu epicentro no leste da ilha, também no distrito de Hualien.

Tópicos: Escolas, Taiwan, Ásia, Terremotos, Desastres naturais