Aguarde...

Plástico | 03/04/2012 21:40

Supermercados paulistas querem reduzir preço de sacolas reutilizáveis

Procon de São Paulo e o Ministério Público Estadual prevêem que as sacolas reutilizáveis custem no máximo R$ 0,59

Divulgação

Sacola gigante em frente à Secretaria do Meio Ambiente

São Paulo – Os supermercados paulistas querem reduzir o preço das sacolas reutilizáveis que serão distribuídas em suas lojas. A partir de amanhã (4), os estabelecimentos não vão mais distribuir sacolas plásticas para embalar os produtos vendidos. Segundo o presidente da Associação Paulista de Supermercados (Apas), João Galassi, o preço das sacolas é alto. “Na próxima semana estamos fazendo um grande encontro com os fornecedores, para que possamos reduzir ainda mais os preços”, disse hoje (3) Galassi.

O Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) assinado pela Apas com o Procon de São Paulo e o Ministério Público Estadual prevê que as sacolas reutilizáveis custem no máximo R$ 0,59. A Apas, no entanto, disse que tentará reduzir o preço das sacolas e de outros produtos. “Carrinho de feira, sacolas reutilizáveis, tudo que esteja relacionado ao movimento da sustentabilidade, ao movimento da substituição das sacolas por reutilizáveis”, citou o presidente da associação.

O acordo foi assinado no começo de fevereiro. Nesse período houve uma redução de 72% no número de sacolas distribuídas comparado com o mesmo período de 2011, de acordo com Galassi.

Comentários  

Editora Abril

Copyright © Editora Abril - Todos os direitos reservados