Londres - O grupo aeroespacial e de defesa Rolls-Royce disse que o Departamento de Fraudes da Grã-Bretanha (SFO, na sigla em inglês) começou uma investigação formal sobre preocupações levantadas há um ano sobre suborno e corrupção em mercados estrangeiros.

O SFO determinou que a segunda maior fabricante de motores do mundo fizesse um inquérito e entregasse detalhes sobre possível corrupção e suborno na China, Indonésia e outros mercados em dezembro de 2012.

"Fomos informados pelo SFO de que agora vai começar uma investigação formal sobre estes assuntos", informou a Rolls-Royce nesta segunda-feira.

Tópicos: Ásia, China, Corrupção, Escândalos, Fraudes, Rolls-Royce