Wellington - O príncipe britânico George, de apenas oito meses, participou nesta quarta-feira de seu primeiro compromisso público oficial na Nova Zelândia, ao brincar com 10 bebês da sua idade.

George, que acompanha os pais, o príncipe William e Catherine, em uma viagem por Nova Zelândia e Austrália, foi convidado para participar na residência do governador geral da Nova Zelândia, representante da rainha britânica Elizabeth II, de uma sessão de jogos organizada pela Plunket, uma associação de ajuda à infância.

Os bebês ficaram em uma sala dominada por uma grande foto da bisavó de George, a rainha Elizabeth II, com almofadas e brinquedos espalhados no chão. Os pais também foram convidados.

A diretora da Plunket em Wellington, Tina Syme, afirmou que o encontro foi programado para que William e Catherine, que desejavam conhecer muitos moradores locais, tivesse um momento agradável.

O grupo que defende a instauração de uma república na Nova Zelândia afirmou que qualquer um dos outros 10 bebês na residência do governador estaria melhor qualificado para ser presidente que George, o terceiro na linha de sucessão ao trono, tanto no Reino Unido como na Nova Zelândia.

"O bebê George é tão bonito como qualquer outro bebê, mas lamentavelmente não poderá ser o futuro chefe de Estado da Nova Zelândia, a menos que um dia emigre para a Nova Zelândia e se converta em cidadão", afirmou o grupo.

Tópicos: Bebês, Família real britânica, Celebridades, William e Kate