Aguarde...

Construção | 10/09/2013 15:33

Prédios "verdes" movimentam mais de R$13 bilhões no Brasil

Valor dos imóveis que buscam o selo Leed, concedido pelo Green Building Council, alcançou 8,3% do PIB de edificações em 2012

SXC.Hu

Prédio em construção

Em alta: ecoedifícios conferem vantagens que vão da economia de energia à valorização imobiliária

São Paulo - O mercado da construção sustentável tem passado ileso pelo desempenho errático da economia brasileira nos últimos anos. De acordo com um estudo realizado pela EY (antiga Ernst & Young), em 2012, os prédios verdes movimentaram R$ 13,6 bilhões no país.

A pesquisa, feita a pedido do GBC Brasil, braço local do americano Green Building Council, entidade que concede o selo Leed de construção sustentável, indica que o valor dos imóveis que reivindicam a certificação alcançou 8,3% do total do PIB total de edificações em 2012, que foi de R$ 163 bilhões.

De acordo com a consultoria, a demanda do consumidor por esse tipo de edifício e a crescente evidência de que eles conferem vantagens de mercado quantificáveis - que vão da economia de energia e corte de custos operacionais à valorização imobiliária – contribuem para a alta desse mercado.

“Percebemos que a certificação desperta interesse dos investidores, principalmente em empreendimentos comerciais de alto padrão”, diz Luiz Iamamoto, gerente sênior da EY.

Certificações

A pesquisa levou em conta projetos registrados para o selo Leed. Mas além das certificação americana, é possível pleitear o selo Aqua de construção sustentável, concedido pela Fundação Vanzolini.

Entre 2009 e 2012, o número de certificações de prédios segundo padrões ecológicos cresceu 412% no Brasil. São Paulo é o estado com mais edifícios certificados, seguido do Rio de Janeiro e do Paraná. (Infográfico mostra os números do mercado da construção sustentável no país).

 

Conheça 10 edifícios sustentáveis do Brasil

O país está entre os que mais investe em prédios verdes. Conheça os empreendimentos que levaram a sério a adoção de soluções sustentáveis pelos certificados LEED e AQUA

Exemplos
Divulgação

São Paulo – Você sabia que o Brasil já é o quarto país do mundo com mais prédios verdes? São 601 empreendmimentos com a certificação LEED (Leadership in Energy and Environmental Design), sistema de orientação ambiental de edificações usado em mais de 130 países. Ficamos atrás apenas dos Estados Unidos, que conta com 41.857 prédios, da China, que tem 996, e dos Emirados Árabes Unidos, com 791.

Mas não para por aí. O Processo AQUA (Alta Qualidade Ambiental) – certificação internacional de construções sustentáveis baseada no processo francês Démarche HQE, desenvolvido e adaptado à regulamentação brasileira pela Fundação Vanzolini –, aponta mais 129 certificados.

Os selos trazem diversas vantagens para os empreendimentos, tais como a redução dos custos operacionais e valorização do imóvel. Conheça dez edifícios que adotaram esses compromissos ambientais e as soluções trazidas por eles.  

Comentários (0)  

Editora Abril

Copyright © Editora Abril - Todos os direitos reservados