Taipei - Um terremoto de magnitude 6,4 abalou na madrugada deste sábado (data local) o sul de Taiwan e pelos menos três pessoas morreram, entre elas uma menina de um ano, enquanto 115 ficaram feridas e muitas outras continuam presas entre os escombros de edifícios que colapsaram na cidade de Tainan, informaram fontes hospitalares e o Serviço Nacional de Bombeiros do arquipélago.

A queda de um edifício residencial de 17 andares no condomínio Wei Guan em Tainan foi responsável por quase todas as vítimas e desaparecidos, e as equipes de resgate e salvamento seguem tentando encontrar sobreviventes no local.

Os 115 feridos foram transferidos para hospitais próximos, acrescentaram os bombeiros de Taiwan.

O trem de alta velocidade que liga o sul com o norte da ilha interrompeu seus serviços devido ao terremoto, num dia em que muitos taiwaneses que vivem na parte setentrional do arquipélago vão para o sul para festejar o Ano Novo Lunar, que este ano cai no dia 8 de fevereiro, com seus familiares.

O terremoto de magnitude 6,4 na escala Richter sacudiu o sul de Taiwan às 3h57 locais (19h37 de Brasília da sexta-feira), e derrubou vários edifícios na cidade de Tainan, segundo as autoridades e testemunhas.

Muitos moradores do centro e do sul de Taiwan disseram que os tremores lembraram o terremoto de 7,3 graus de 1999, que causou mais de 2,4 mil mortes.

Taiwan está situada em uma região de intensa atividade tectônica, com tremores frequentes, dos quais o mais devastador ocorreu em 21 de setembro de 1999.

Texto atualizado às 23h48

Tópicos: Taiwan, Ásia, Terremotos, Desastres naturais