Em que países a percepção de corrupção é maior?

São Paulo – A ONG Transparência Internacional divulgou hoje sua pesquisa anual de percepção da corrupção ao redor do mundo. Segundo a pesquisa, a Somália é o país mais corrupto e a Nova Zelândia, o com menor percepção de corrupção.

O ranking é composto com base em entrevistas com cidadãos de cada país. O objetivo do questionário é medir a percepção que estas pessoas têm do nível de corrupção em todas as esferas de governo e nas principais instituições públicas.

A maioria dos países onde a percepção de corrupção é maior tem em comum o fato de possuírem instituições fracas, mal administradas, o que abre espaço para desvio de dinheiro, fraudes administrativas e em processos eleitorais. Em outras nações, como a Coreia do Norte, o problema é o autoritarismo excessivo do governo, o que prejudica a transparência e encobre atos ilegais.

O Brasil aparece em uma posição intermediária no ranking, na 73ª colocação. Veja nas fotos ao lado quais são os países em que a percepção de corrupção é maior.

Tópicos: América Latina, Corrupção, Escândalos, Fraudes, Listas, Rankings, África