Aguarde...

Tragédia | 20/04/2012 16:38

Os acidentes mais letais com o Boeing 737

Criada no final da década de 1960, a série 737 da Boeing acumula alguns desastres no currículo, incluindo o avião da Gol que caiu em setembro de 2006

Getty Images

Acidente de avião na Indonésia

Avião da Mandala Airlines se acidentou na Indonésia, deixando 102 vítimas fatais

São Paulo - Um Boeing 737-200 com 127 passageiros, da companhia aérea Bhoja, caiu hoje perto da base de Chaklala, no Paquistão, ao tentar aterrissar. 

As razões do acidente ainda não estão claras, mas há relatos de que chovia e ventava muito no momento em que a aeronave caiu.

Criada no final da década de 1960, a série 737 da Boeing acumula alguns desastres no currículo, incluindo o avião da Gol que caiu em setembro de 2006, após colidir com o jato Legacy 600, deixando 154 mortos.

Ao longo das suas mais de quatro décadas de existência, o 737 esteve envolvido em mais de 314 incidentes, sendo 159 deles com perda total da aeronave, com mais de 4,1 mil vitimas fatais. O 737 também já foi vítima de mais de 100 sequestros, com 324 vítimas fatais.

Uma das razões para as altas estatísticas é justamente a longevidade e a popularidade da série. Desde o lançamento do primeiro modelo, já foram vendidas mais de 9,3 mil unidades do  Boeing 737 .

Relembre, a seguir, alguns dos acidentes mais fatais da história do avião:

8 de dezembro de 1972 - United Airlines - Chicago, Estados Unidos
Vítimas fatais: 43 de 61 a bordo
O avião caiu durante a tentativa de aterrissagem no Chicago Midway International Airport. Não é um dos mais letais, mas foi o primeiro acidente fatal com um 737.

4 de dezembro de 1977 - Malaysian Airline System - Estreito de Johor, Malásia
Vítimas fatais: 100 (todas a bordo)
O avião foi sequestrado e destruído por uma explosão durante o voo.

22 de agosto de 1981 - Far Eastern Air Transport - Sanyi, Taiwan
Vítimas fatais: 110 (todas a bordo)
A aeronave apresentou falha técnica durante o voo.

23 de setembro de 1983 - Gulf Air - Abu Dhabi, Emirados Árabes
Vítimas fatais: 111 de 117 a bordo
Bomba no compartimento de bagagem explodiu próximo à aterrissagem.

8 de novembro de 1983 - TAAG Angola Airlines - Lubango, Angola
Vítimas fatais: 126 de 131 a bordo
Aeronave caiu a 900 metros da pista de pouso.

Comentários (0)  

Editora Abril

Copyright © Editora Abril - Todos os direitos reservados