São Paulo – Encontrar um lugar para morar perto da universidade nem sempre é fácil, e pode pesar no bolso. Pensando em facilitar a vida do jovem ingressante, a firma de arquitetura sueca Tengbom Architects bolou uma solução compacta, chamada de “Unidade Estudantil Inteligente”.

Com 10 metros quadrados, a minicasa corta pela metade os custos com aluguel, segundo seus criadores. Além de ser acessível, ela é construída de maneira sustentável.

Toda sua estrutura é composta de paineis sólidos, chamados de madeira laminada cruzada, ou CLT, na sigla em inglês. Oriundos de florestas manejadas de forma sustentável, esses paineis permitem melhor aproveitamento da matéria-prima e, por serem fortes e rígidos, substituem o aço e o concreto como elementos estruturais.

Apesar de diminuta, a casa possui todas as comodidades necessárias para os estudantes – conta com área pra estudo, cama, cozinha e banheiro. Vinte e duas unidades já estão sendo produzidas para uso dos alunos de uma universidade sueca em 2014. Nesse meio tempo, quem vistar a Suécia pode dar uma olhada no protótipo, que está em exposição no Museu de Arte Virserum até o dia 8 de dezembro.