Madri - O Unicef, o Fundo das Nações Unidas para a Infância, revelou nesta quinta-feira que o craque Lionel Messi enviou camisetas autografadas ao garoto afegão que transformou uma sacola plástica branca e azul em uma camisa da Argentina com o número 10 nas costas, como uma forma de homenagear o seu ídolo.

De acordo com o Unicef, Murtaza Ahmadi, de apenas 5 anos, recebeu camisetas autografadas do Barcelona e da seleção da Argentina de Messi.

A instituição explicou que uma bola de futebol também foi entregue ao menino no escritório do Unicef em Cabul.

A Federação Afegã de Futebol vinha tentando marcar uma reunião entre Messi e o garoto, que teve a sua foto com uma camiseta da Argentina feita a partida de uma sacola plástica divulgada em todo o mundo.

Nesta quinta-feira, então, ele foi registrado em mais uma foto, mas dessa vez com a camisa da Argentina assinada por Messi. O craque argentino, aliás, é Embaixador da Boa Vontade do Unicef.

Também nesta quinta-feira, o Barcelona ampliou sua parceria com o Unicef até 2020. O clube catalão aumentou a sua doação anual de 1,5 milhão de euros (aproximadamente R$ 6,5 milhões) para 2 milhões de euros (R$ 8,6 milhões).

Tópicos: Afeganistão, Ásia, Lionel Messi, Atletas, Esportes