São Paulo - Às vésperas de sediar as Olimpíadas de 2012, Londres foi eleita a cidade de melhor reputação do mundo, segundo ranking elaborado pela consultoria Reputation Institute. A pesquisa avaliou as percepções de 35 mil entrevistados em 100 cidades de 15 países, levando em conta a simpatia, a confiança e a consideração dos moradores em relação à localidade em que vivem.

O levantamento foi feito com base na percepção dos entrevistados sobre 13 diferentes aspectos relacionados à economia, administração e apelo geral pelas cidades.

A capital britânica - que foi seguida por Genebra (Suíça), Sydney (Austrália), Viena (Áustria) e por Veneza (Itália) - mostrou que os esforços do governo para criar um ambiente atrativo para as Olimpíadas de 2012 estão dando certo, não apenas para que Londres continue sendo um importante ponto turístico no mapa global, mas também um bom ambiente para viver e até mesmo investir.

"O estudo mostrou que construir uma forte reputação requer um trabalho consistente da cidade em diferentes áreas. Ter apelo cultural e ser um centro de negócios já não é suficiente”, afirmou Nicolas Trad, diretor executivo internacional do Reputation Institute.

A vitória de Londres foi bem recebida por Gordon Innes, executivo-chefe da London & Partners, responsável pela promoção dos Jogos Olímpicos de Londres. "As melhorias que estamos implementando na cidade deverão garantir que a capital britânica continue sendo confiável e admirada pela comunicadade global."

Ainda na lista das 10 melhores em reputação no mundo, Roma (Itália) ocupou a sexta colocação, seguida por Barcelona (Espanha), Oslo (Noruega), Florença (Itália) e Vancouver (Canadá). Grandes metrópoles, assim como Nova York ou Hong Kong, por exemplo, ficaram distantes das primeiras posições. A cidade americana ficou em 25º lugar, enquando a asiática ocupou a 46ª colocação.

O estudo ainda mostrou que as pessoas são quase três vezes mais propensas a visitar cidades classificadas entre as 10 primeiras do que as 10 últimas do ranking, o que confirma a ideia de que as localidades podem ganhar um retorno substancial em investimentos ao fortalecer a sua reputação.

Brasil

As cidades brasileiras estão atrás das 60 primeiras listadas no ranking, perdendo até para algumas capitais da América Latina, como Santiago do Chile (51ª) e Buenos Aires (52ª). O Rio de Janeiro ficou na 61ª colocação, enquanto São Paulo ocupou o 65º lugar.

Confira abaixo o estudo divulgado pela Reputation Institute:

Tópicos: Europa, Reino Unido, Londres, Metrópoles globais, Pesquisas, Rankings, Listas, Países ricos