Aguarde...

Brasília | 24/04/2012 11:42

Irã investiga acusações contra diplomata sobre abuso sexual

O diplomata foi acusado de tocar de maneira inapropriada quatro jovens menores de 15 anos na piscina de um clube de Brasília há alguns dias

Aamir Qureshi/AFP

O presidente iraniano, Mahmud Ahmadinejad

O diplomata, que servia em Brasília, foi convocado pelas autoridades do país e está em Teerã, onde o assunto será "examinado cuidadosamente" pelo ministério das Relações Exteriores, afirmou o porta-voz da chancelaria

Teerã - O governo do Irã anunciou que pretende investigar as acusações de abuso sexual apresentadas contra um de seus diplomatas pelas autoridades do Brasil.

O diplomata, que servia em Brasília, foi convocado pelas autoridades do país e está em Teerã, onde o assunto será "examinado cuidadosamente" pelo ministério das Relações Exteriores, afirmou o porta-voz da chancelaria, Ramin Mehmanparast.

De acordo com a imprensa brasileira, o diplomata foi acusado de tocar de maneira inapropriada quatro jovens menores de 15 anos na piscina de um clube de Brasília há alguns dias.

O homem foi detido quando os pais das jovens denunciaram a atitude, mas a polícia foi obrigada a liberar o iraniano após um interrogatório por sua imunidade diplomática.

Segundo a imprensa, as famílias das jovens tentaram agredir o diplomata, que teve que ser protegido por seguranças do clube.

A embaixada do Irã em Brasília atribuiu o incidente "exclusivamente a um mal-entendido pelas diferenças culturais entre os dois países".

Comentários  

Editora Abril

Copyright © Editora Abril - Todos os direitos reservados