Bruxelas - Mais de 1.000 pessoas participaram nesta sexta-feira em uma concentração em Bruxelas para lembrar as vítimas do duplo atentado que a capital belga sofreu na terça-feira, no qual 31 pessoas morreram e outras 300 ficaram feridas.

A concentração começou às 19h (horário local, 15h em Brasília) na Praça da Bolsa, no coração da cidade, no lugar que se tornou espontaneamente palco de homenagens. O ato foi aberto com um minuto de silêncio. Em seguida, vários balões brancos foram soltos, quanto o público aplaudia.

"Solidariedade sempre! A união nos fará fortes", gritavam muitos dos presentes.

A iniciativa, organizada através de internet, reuniu um heterogêneo grupo de distintas raças, nacionalidades, credos e idades com uma única mensagem de paz refletida em dezenas de cartazes.

Alguns passavam em silêncio observando as centenas de velas e flores espalhadas no centro da praça formando grandes círculos, principalmente sobre bandeiras de dezenas de países e grandes cartazes com mensagens de lembrança e esperança em diferentes idiomas.

A concentração foi vigiada por dezenas de policiais e militares, assim como por um numeroso grupo de profissionais da saúde e veículos de comunicação. 

Tópicos: Terrorismo, Ataques terroristas, Bélgica, Europa, Países ricos, Mortes